22 outubro 2015

Delphi+Android : Evitando travamento do APP ao rotacionar a tela

Salve pessoal,

Depois de muito tempo estou de volta. Muito trabalho e pouco tempo!

Essa dica vai para quem criou um app Android com Delphi XE8+ ou migrou para uma nova versão da IDE e sua aplicação trava ou encerra subitamente ao rotacionar a tela.

A solução é simples: Basta editar o template do seu android.manifest: siga os passos:


  1. Vá na pasta dos fontes do seu projeto
  2. Edite o arquivo "AndroidManifest.template.xml" no Wordpad, Sublime ou qualquer outro editor.
  3. Localize a linha: android:configChanges=
  4. Possivelmente essa linha estará assim: android:configChanges="orientation|keyboardHidden"
  5. Agora, modifique para android:configChanges="orientation|keyboardHidden|screenSize"
  6. Salve e dê um novo "Build" na sua aplicação.
  7. Problema resolvido! Desse modo você evita que a aplicação reinicie a cada mudança de rotação da tela. 
Até a próxima!

11 março 2015

Como Alterar o Perfil da Rede Pública para Privada no “Windows 8.1″ e “Windows Server 2012″

Abra o PowerShell com elevação de privilégio para Administrador: Digite o seguinte comando:

Get-NetConnectionProfile | Set-NetConnectionProfile –NetworkCategory Private

Confira na Central de “Rede e Compartilhamento” o Status da rede … “Rede Privada”. Vlw Galera.

Obs.:

categorias suportadas : “Pública ou Privada”.
-NetworkCategory<NetworkCategory>


Specifies an array of category types of a network. You cannot set the DomainAuthenticated type by using this cmdlet. The server automatically sets the value of DomainAuthenticated when the network is authenticated to a domain controller. The acceptable values for this parameter are:
— Public
— Private

Mais detalhes nos links:

http://technet.microsoft.com/en-us/library/jj899565.aspx

http://technet.microsoft.com/en-us/library/jj899565.aspx

01 julho 2014

STRZERO no SQL Server

Olá pessoal!

Vamos criar uma function muito útil em diversas situações. A STRZERO.

Para quem não sabe do que se trata, essa função preenche com zeros à esquerda um número passado como parâmetro.
Você pode fazer manualmente mas se precisar várias vezes dá trabalho.

Postei a um tempo atrás como fazer essa função como SP no Firebird... vamos agora ao SQLServer.


-- ===================================================
-- Author:Nilcemar Ferreira - .BAT Tecnologia
-- Create date: 01/07/2014
-- Description: Preenche o valor passado no parâmetro
--              com zeros à esquerda ou à esquerda
-- ===================================================
ALTER FUNCTION [dbo].[STRZERO]
(
-- Add the parameters for the function here
@NUMERO int, @DIGITOS tinyint
)
RETURNS varchar(100)
AS
BEGIN
   RETURN REPLICATE('0',@DIGITOS-LEN(@NUMERO))+cast(@NUMERO as varchar(100));
END


Para testar:

  • select dbo.STRZERO(123,10)
  • Resultado: '0000000123'





11 maio 2014

Sincronizar seus contatos do iCloud no Android


Você tem uma agenda toda organizada no seu iCloud, ou em qualquer dispositivo Apple e quer que essa agenda esteja 100% sincronizada com seu dispositivo Android? Esse processo não é impossível, ao contrário, é bem fácil. Aprenda rapidamente como sincronizar os contatos do iCloud em seu Android:

1º Passo: Tenha certeza que os seus contatos estão no iCloud.

Verifique se os contatos que deseja sincronizar realmente já estão em sincroniza com a nuvem da Apple. Vá em icloud.com e coloque o seu usuário e senha, depois vá em contatos e verifique se está tudo lá. Se estiver tudo certo vá para o passo nº 2, se os contatos não estiverem lá entre no seu dispositivo onde está os contatos, vá nos ajustes e verifique se sua conta iCloud está ativa para os contatos. Após ativar espere um pouco até que tudo esteja sincronizado e vá novamente em icloud.com e veja se agora está tudo lá.

2º Passo: Vá em seu dispositivo Android e baixe o aplicativo CardDAV-Sync free beta pelo Google Play.

Entre no seu Android e vá em Google Play, procure por CardDAV Sync Free beta e baixe (é gratuito). Após baixar siga o 3º passo.

3º Passo: Entre no aplicativo baixado no passo n 2 e clique em “Add New Account” (Nova conta) escolha CardDAV e preencha assim:

  • Server name or URL = contacts.icloud.com
  • Deixa a opção Use SSL marcada
  • Username = seuemail@icloud.com (Preencha seu email do iCloud e/ou conta da apple)
  • Senha = sua senha do iCloud (Coloque sua senha do iCloud)
Depois de preencher tudo clique em “Next”. Agora a conta calendário do iCloud será adicionada a lista de contas do Android.

  • Dê um nome para sua conta, tipo "meu iCloud" 
  • Clique em "Finish"
Agora a sua conta iCloud está sincronizada com seu Android, em sua lista de contas. Isso significa que qualquer mudança (adição, remoção ou edição de contato) nessa lista estará sincronizada com todos os seus dispositivos (iOS, OS X e Android) depois desses 3 passos.
Infelizmente não há uma opção nativa no Android para isso, como há no iOS 7 para os contatos do Google, mas assim como na App Store, na Google Play tem sempre (ou quase sempre) um aplicativo para isso.

 Esse processo foi muito importante para mim, pois troquei meu iPhone 5S por um um Galaxy S5  e é super importante ter todos os contatos sincronizados.

24 abril 2014

Como configurar uma conta do "outlook.com" ou "domains.live" no Microsoft Outlook

Olá,

Vamos mostrar como configurar uma conta do "outlook.com", "hotmail.com" ou "domains.live" para as seguinte versões do Microsoft Office:

Microsoft Office 2013
Microsoft Office 2010
Microsoft Office 2007
Microsoft Office 2003
Outros programas de e-mails


Como configurar o Microsoft Office 2013


Para configurar as contas de emails da plataforma hotmail ou outlook.com da Microsoft 
no Microsoft Outlook 2013 siga os passos abaixo:

1 - Abra o Microsoft Outlook 2013 e clique no menu "ARQUIVO"
2 - Selecione a opção "+ Adicionar Conta"
3 - Escolha a opção "Configuração manual ou tipos de servidor adicionais" e clique em avançar



4 - Escolha a opção "Serviço compatível com Outlook.com ou Exchange ActiveSync" e clique em avançar



5 - Preencha suas informações (nome, Email, nome de usuário e senha) e no campo "Servidor de email" coloque "m.hotmail.com" e clique em avançar



6 - Verifique se os testes foram concluídos e clique em fechar.




Como configurar o Microsoft Office 2010


Para configurar as contas de emails da plataforma hotmail ou outlook.com da Microsoft no Microsoft Outlook 2010 siga os passos abaixo:

1 - Faça o download do Microsoft Office Outlook Hotmail Connector
http://office.microsoft.com/pt-br/outlook/visao-geral-do-microsoft-office-outlook-hotmail-connector-HA010222518.aspx

2 - Clique em "Baixar agora"
Obs: Atenção, a versão 64 bits funciona somente no Microsoft Office 2010 64 bits



3 - Clique em "Download" e inicie a instalação do software
Obs: É muito importante fazer o download no idioma do seu Microsoft Office, no meu caso estou utilizando a opção em Inglês.



4 - Marque a opção "Aceito os termos de Contrato de Licença", clique em "Instalar" e aguarde finalizar, isso pode levar alguns minutos.



5 - Clique em "Concluir" e abra o Microsoft Outlook 2010.



6 - Clique no menu "Arquivo" e depois na opção "+ Adicionar conta"



7 - Escolha a opção "Definir manualmente as configurações do servidor ou tipos de servidor adicionais" e depois clique no botão "Avançar"



8 - Marque a opção "Outros" e escolha o item "Microsoft Outlook Hotmail Connector" e clique no botão "Avançar"



9 - Informe seu nome, endereço de email, senha e clique no botão "Ok"





10 - Clique no botão "Concluir" e pronto!




Como configurar o Microsoft Office 2007


Para configurar as contas de emails da plataforma hotmail ou outlook.com da Microsoft no Microsoft Outlook 2007 siga os passos abaixo:

1 - Faça o download do Microsoft Office Outlook Hotmail Connector
http://office.microsoft.com/pt-br/outlook/visao-geral-do-microsoft-office-outlook-hotmail-connector-HA010222518.aspx

2 - Clique em "Baixar agora"
Obs: Atenção, a versão 64 bits funciona somente no Microsoft Office 2010 64 bits



3 - Clique em "Download" e inicie a instalação do software
Obs: É muito importante fazer o download no idioma do seu Microsoft Office, no meu caso estou utilizando a opção em Inglês.



4 - Marque a opção "Aceito os termos de Contrato de Licença", clique em "Instalar" e aguarde finalizar, isso pode levar alguns minutos.



5 - Clique em "Concluir" e abra o Microsoft Outlook 2007.



6 - Em seguida clique no menu "Outlook Connector" e depois em "Adicionar uma Nova Conta..."



7 - Informe seu nome, email e senha e clique em "OK"



8 - Será apresentada uma mensagem informando que sua conta foi adicionada solicitando que você reinicie seu Microsoft Outlook 2007.


9 - Basta fechar e abrir novamente o Outlook e está pronto!



Como configurar o Microsoft Office 2003


Para configurar as contas de emails da plataforma hotmail ou outlook.com da Microsoft no Microsoft Outlook 2003 siga os passos abaixo:

1 - Faça o download do Microsoft Office Outlook Hotmail Connector
http://office.microsoft.com/pt-br/outlook/visao-geral-do-microsoft-office-outlook-hotmail-connector-HA010222518.aspx

2 - Clique em "Baixar agora"
Obs: Atenção, a versão 64 bits funciona somente no Microsoft Office 2010 64 bits



3 - Clique em "Download" e inicie a instalação do software
Obs: É muito importante fazer o download no idioma do seu Microsoft Office, no meu caso estou utilizando a opção em Inglês.



4 - Marque a opção "Aceito os termos de Contrato de Licença", clique em "Instalar" e aguarde finalizar, isso pode levar alguns minutos.



5 - Clique em "Concluir" e abra o Microsoft Outlook 2003. Em seguida será apresentado a seguinte mensagem "Deseja adicionar uma conta do Hotmail?"



6 - Clique em "Sim"
Obs: Caso não seja apresentado a tela acima, clique no menu "Outlook Connector" e depois em "Adicionar uma nova conta"



7 - Informe seu nome, email e senha e clique em "OK"



8 - Será apresentada uma mensagem informando que sua conta foi adicionada solicitando que você reinicie seu Microsoft Outlook 2003.



9 - Basta fechar e abrir novamente o Outlook e está pronto!

Outros programas utilizando POP e SMTP

Você também poderá configurar para receber emails através do servidor POP e enviar através do servidor SMTP de acordo com os seguintes parâmetros de configuração:

Servidor POP
Host: pop3.live.com
Conexão com criptografia: SSL
Porta: 995

Servidor SMTP
Host: smtp.live.com
Conexão com criptografia: TLS
Porta: 587

Nome de usuário: Informe seu email, ex: seuemail@seudominio.com.br
Senha: Informe a senha do seu email

18 fevereiro 2014

[resolva] Erro 0x800F0906 ao tentar instalar o 3.5 de.NET Framework no Windows 8.1 ou no Windows Server 2012



Muita gente tem reportado esse erro ao fazer a instalação sob demanda do .NET 3.5 no Windows 8/8.1 ou 2012....


Temos 2 maneiras para resolver isso:

  1. Pelo MSDN: Clique aqui.
  2. Instalando o pacote offline
    • Para quem não quer perder tempo disponibilizo aqui o link para download offline do .NET Framework 3.51 para windows 8.1

até a próxima!

24 outubro 2013

[resolva] iTunes travando no Windows 8.1

 

Atualizou seu iTunes e o Windows para a versão 8.1 e ele trava ao entrar na Apple Store ou ao conectar o iPhone?

Siga esses simples passos para resolver:

  1. Vá até a pasta: C:\Program Files (x86)\Common Files\Apple\Apple Application Support
  2. Localize e copie o arquivo QTMovieWin.dll para a pasta C:\Program Files (x86)\iTunes

Pronto!

Engraçado a Apple até hoje (24/10/13) não ter lançado um release para isso.

Testado no iTunes  versão 11.1.2.31


Até a próxima.


17 julho 2013

Windows 8: Tela preta após instalar Avast?

Olá pessoal,

    Muita gente está tendo problemas com o Windows 8 após instalar o Avast!
    Em alguns casos, o sistema fica parado na tela preta como se estivesse travado.
     Aconteceu isso com você?

  Se sim, o problema ocorre por causa do "Módulo de Comportamento" do Avast. No momento deste tutorial, refiro-me à versão 8 do Avast.

Para resolver isso, siga os passos abaixo:

1) Se ainda não tem o Avast! instalado e vai fazer a instalação:

   Durante a instalação do avast!, selecione na etapa “Configuração” a opção “Instalação personalizada”. Clique, então, em “Continuar”. Em seguida, três modos de configuração vão aparecer: “Mínima”, “Típica” e “Personalizada”.
    Selecione, neste campo, a “Personalizada” e desmarque, na primeira coluna da esquerda para a direita, a caixa “Módulo Comportamento” (essa opção, conforme já dito anteriormente, pode aparecer com nomes diferentes em versões alternativas do avast!).


    Depois disso, a calibração está praticamente pronta. Apenas aperte o botão “Continuar” e finalize a instalação do antivírus normalmente. Agora, com o problema de sincronização das inicializações do Windows 8 e do avast! resolvido, nenhum erro durante o uso do aplicativo deverá ser registrado.

2) Se você já tem o Avast! instalado:

   Se você já tiver o avast! instalado no seu computador, basicamente o mesmo procedimento listado acima deverá ser seguido. Nesta forma de calibração, vai ser preciso também desativar o “Módulo Comportamento”.

  1. Abra o "Iniciar" 
  2. Digite "Programas e Recursos" ou abra o Painel de Controle
  3. Em "Programas e Recursos" clique no ícone do avast e clique em "Alterar" e "Continuar"
  4. Nesta etapa, basta repetir o comando executado pela primeira forma de calibração do software mencionada. Em “Configuração Personalizada”, desmarque a caixinha “Módulo Comportamento”, siga em “Continuar” e termine a reinstalação do software.  
  5. Para finalizar o processo – e certificar-se da efetiva resolução do problema – apenas reinicie seu computador.



29 junho 2013

Zerar/Manipular Sequence/Auto Incremento no SQLITE


Para quem precisa zerar ou manipular o contador de auto-incremento do SQLite segue uma dica muito simples.

Para zerar o sequence:

  • delete from sqlite_sequence where name='nome da sua tabela'


Se quiser visualizar todos os sequences:

  • select * from sqlite_sequence 

Para mudar o valor de uma sequence (por exemplo: 2):

  • update sqlite_sequence set seq= 2 where name='nome da sua tabela'

É isso. Para saber mais, acesse: http://sqlite.org/autoinc.html

Até a proxima!

02 junho 2013

"$DEFINE" global no Lazarus

Precisa declarar uma diretiva de compilação global no Lazarus e não conseguiu o mesmo resultado que no Delphi?

Para resolver isso, faça  o seguinte:


  1. Project options / Compiler options / Other / Custom
  2. Em custom options digitte -dSUA_DEFINE  (isso mesmo, sem espaços)
  3. Só isso. Agora use normalmente o {$IFDEF SUA_DEFINE} normalmente em todo o projeto

Exemplo de DEFINE global. Nesse caso o nome da minha define é Val

07 maio 2013

Delphi XE4: Principais mudanças na linguagem para o ambiente Mobile




    Pessoal! O Delphi XE 4 está aí e vem com muitas novidades bacanas: A principal delas é o compilador 100% nativo para o iOS e em breve teremos Android e Windows Phone, além do tradicional Win32, 64 e MacOSx das versões XE2 e X3.

    Para quem pensou que o Delphi não ia durar tá ai: 18 anos e crescendo!

    O artigo abaixo mostra as principais mudanças no Delphi Language que devem ser consideradas para a evolução de sua aplicação. Considere, a partir de agora, desenvolver e pensar sempre em "Multi-Device".
Faço alguns comentários em verde no artigo.

Créditos do artigo: Fernando Rizzato. Embarcadero Brasil.


Introdução


    Este artigo apresenta as principais novidades da linguagem Delphi no que diz respeito a desenvolvimento para Mobile, disponibilizado recentemente através do Delphi XE4. Porém antes dos detalhes da linguagem, vamos entender o motivo e a abrangência destas alterações.

Novo Compilador


    Para oferecer suporte aos dispositivos móveis foram criados dois novos compiladores, um para o simulador do iOS e outro para o dispositivo físico (ARM), já que as arquiteturas são distintas.Desta forma agora temos:
  • Win32 compiler (DCC32)
  • Win64 compiler (DCC64)
  • Mac compiler (DCCOSX)
  • iOS Simulator compiler (DCCIOS32)
  • iOS ARM compiler (DCCIOSARM)

    A novidade está nos dois últimos, os quais seguem um desenho totalmente novo, baseados em um padrão chamado LLVM (http://llvm.org). Podemos entender o LLVM como um conjunto de módulos e ferramentas reutilizáveis para compiladores, utilizados amplamente por diversos compiladores nativos, entre eles o próprio Xcode, nativo da Apple.

Mudanças no Delphi Language


    Para suportar dispositivos móveis, o novo compilador (acima) impõe algumas mudanças de linguagem, as quais vou listar a seguir. Na verdade, mais do que mudanças, trata-se de uma grande evolução da linguagem Delphi. No futuro, estes e outros avanços serão portados também para os compiladores Win32, Win64 e OSX.


Automatic Reference Counting (ARC)


    O ARC traz o melhor dos dois mundos: gerenciamento automático de memória sem a necessidade de um garbage collection, tido como um grande vilão de performance nas linguagem que o utilizam. Em resumo o ARC gerencia o ciclo de vida de objetos sem que você tenha que se preocupar com o "Free".


    No exemplo acima, o objeto MyObj será removido da memória assim que sair do escopo. Importante ressaltar que a sintax tradicional (try/finally fazendo o Free manual do objeto) continua suportada, portanto as migrações de código estão garantidas.

    Também estão disponíveis o pattern Dispose e suporte a [Weak] References. Você pode encontrar mais sobre isso aqui:http://edn.embarcadero.com/article/43073.

Tipo String


    Todos os tipos string existentes (AnsiString, UTF8String, RawByteString, WideString, AnsiChar, PAnsiChar, PWideChar, OpenString, ShortString) agora estão simplificados em um único: String. Além disso, as strings agora são 0-based ao invés de 1-based (ou seja, o primeiro caractere na string tem índice 0, ao invés de 1).  Isso significa que alguns códigos podem precisar de revisão, mas as funções de manipulação de strings já estão preparadas para esta mudança. (Ex: o comando Copy no seu código antigo)

    Uma outra - importante - mudança é que as strings passarão a ser "imutáveis", devido ao gerenciamento de memória dos dispositivos móveis. Nesta versão do compilador tudo continua conforme anteriormente, você receberá apenas uma warning alertando que, futuramente, construções como a exibida abaixo não será mais suportada:

str1[3]:=’w’;

   Portanto é altamente recomendado que, para seus novos códigos, você faça uso de construções como TStringBuilder e TStringHelper para a manipulação de strings. Um trecho de código utilizando estas classes para ilustrar:



Outras mudanças

  • Ponteiros não são suportados no mundo mobile
  • Não há suporte para Inline assemby
  • Evite chamadas a APIs diretamente, esteja pronto para as novas plataformas que virão (como disse no começo, o mesmo código poderá gerar apps iOS, Android e Windows Phone em breve)
  • Prefira utilizar as units cross-plataform, especialmente ao manipular arquivos (unit IOUtils)

Informações e recursos para pesquisa

Páginas principais dos produtos: RAD Studio, Delphi, C++ Builder, HTML5 Builder
Tutorial Delphi para iOS: Delphi iOS Application Development
Trial via Instant Trial (AppWave): http://windowsapps.com/rad-studio-trial.html?trial=1
Tudo o que há de novo no Delphi e C++ Builder XE4
O que há de novo especificamente no C++ Builder 64 bit
Lista de correções do Delphi e C++ Builder XE4:http://edn.embarcadero.com/article/43068
White Paper do Marco Cantu sobre todas as mudanças na linguagem: http://www.embarcadero.com/resources/white-papers/application-development


Não deixe de acessar os materiais disponíveis e estudar o assunto em todos os seus detalhes. 

Abraços e até a próxima!

11 novembro 2012

Instalar o IIS 8 no Windows 8 [tutorial]


Neste tutorial vou mostrar como instalar rapidamente o IIS 8 no seu Windows 8 e deixá-lo pronto para servir páginas ASP.NET e PHP.

O Windows 8 vem com o IIS mas você deve instalá-lo e o processo é muito fácil.
Testado no IIS 8 com Windows 8 pro x64


1) Na busca do windows, procure por "Programas e Recursos"  e clique em "Adicionar Recursos do Winsows"




2) Marque a Caixa "Serviços de Informação da Internet" e em seus subitens "Recursos de Desenvolvimento de Aplicativos", Marque "CGI", "ASP.NET 3.5 e 4.5"

 


3) Clique em <OK> e aguarde a instalação.
4) Após a instalação, abra seu navegador e digite localhost. Se a tela abaixo aparecer sua instalação está concluída.


Pronto








26 setembro 2012

TMemoryStream: Resolva o problema para imagens grandes

Essa dica vai ajudar muita gente!
Já aconteceu com você de precisar transferir uma imagem (principalmente JPEG) ou qualquer outro Stream (seja via datasnap ou qualquer outro meio) e se deparar com vários erros gerados pelo Delphi? Um deles é o "Out of memory while expanding..."

Acontece que o TMemoryStream só aceita até 40kb, segundo o docwiki da embarcadero e isso é um problema sério pra nós programadores.

Mas vamos lá, sem mais, declare a função abaixo no seu código e quando for salvar ou carregar seu Stream, use-a. Vou dar exemplos abaixo.


 function CopyStream( const source: TStream ): TStream;  
 //resolve o problema de memory stream com mais de 40kb  
 var  
  BytesRead: Integer;  
  Buffer: PByte;  
 const  
  MaxBufSize = $F000;  
 begin  
  { ** Criando a instância do objeto TMemoryStream para retorno do método ** }  
  result := TMemoryStream.Create;  
  { ** Reposicionando o stream para o seu início ** }  
  source.Seek( 0, TSeekOrigin.soBeginning );  
  source.Position := 0;  
  GetMem( Buffer, MaxBufSize );  
  { ** Realizando a leitura do stream original, buffer a buffer ** }  
  repeat  
   BytesRead := Source.Read( Buffer^, MaxBufSize );  
   if BytesRead > 0 then  
    result.WriteBuffer( Buffer^, BytesRead );  
  until MaxBufSize > BytesRead;  
  { ** Reposicionando o stream de retorno para o seu início ** }  
  result.Seek( 0, TSeekOrigin.soBeginning );  
 end;  


Para usar:

  •     TempStream:= TMemoryStream.Create;  
        IMG.Graphic.SaveToStream(TempStream);  
        Result:= CopyStream(TempStream);  
    
  • TempStream = TMemoryStream
  • IMG = TPicture
  • A função retorna um TStream
Quando for dar um loadfromstream, use a função também:
  •  vFoto1.LoadFromStream(CopyStream(StreamRetorno))  
    

Desse modo, você pode enviar Streams de qualquer tamanho!

Abraço a todos!

21 agosto 2012

Bootar MS-DOS com Pendrive



Se você assim como eu precisa as vezes do velho e bom DOS para rodar um programa antigo ou que não roda no Windows como por exemplo, gravadores de EEPROM ou flasheadores de equipamentos mais antigos essa dica pode ajudar:


Criando um Pendrive com DOS bootável é relativamente simples. Antes no Win 98 ou anteriores, formatávamos um disco com a opção de gravar o MSDOS nele, hoje, isso não é possível com o formatador do windows. 

No entanto, existe uma ferramenta chamada Rufus, criado por Pete Batard, pode tornar esta tarefa simples. Rufus pode ser usado para criar uma versão USB inicializável de uma distribuição qualquer vinda a partir de um arquivo ISO ou do MSDOS ou FreeDOS embarcado. 

A aparência do Rufus é similar em aparência e operação da ferramenta de formatação da HP "HPUSBFW.exe", e compartilha muitas das mesmas características. No entanto, Rufus é Open Source.

Então vamos ao que interessa: Carregando o DOS a partir da USB:


  1. Baixe o Rufus aqui (multiupload) ou aqui (oficial)
  2. Selecione seu dispositivo USB(1), Escolha FAT32 como sistema de arquivos (2), Marque a caixa "Create a DOS bootable disk" (3)




     3) Clique em Start para iniciar a formatação e transferência do sistema
     4) Reinicie o micro e configure o boot para buscar no pendrive...

Pronto

Até a próxima


[resolvido] USB To Serial Prolific no Windows 7 e 8x e 10


Pessoal,

Depois de muito brigar e procurar sem sucesso uma maneira do conversor de USB para Serial PL2303 da Prolific consegui um driver que rodou sem o "Erro 10" ao inicializar o dispositivo.
Acredito ser muito útil para várias pessoas!

Edit: Testei no Windows  7 e 8 e 10 64 Bits... Funcionou 100%. O driver neste tutorial é para p Prolific "genérico", ou seja, a maioria que se vende por ai.



ATENÇÃO: Antes de fazer o procedimento, DESABILITE as atualizações automáticas do windows: Clique em http://windows.microsoft.com/pt-br/windows-vista/turn-automatic-updating-on-or-off para saber como desabilitar.

Vamos lá:
  1. Desinstale seu driver atual
  2. Baixe no novo driver para Win7/8 32 e 64 bits (Links abaixo)
  3. Desplugue seu adaptador
  4. Instale o novo driver
  5. Plugue o adaptador e espere o windows instalar.
  6. Se mesmo assim ele continuar apresentanto o ponto de exclamação no gerenciador de dispositivos, clique com o botão direito do mouse e vá em "Atualizar Driver...". Escolha buscar automaticamente o driver e deixe ele instalar. Se aparecer 2 drivers, escolha o driver versão 3.3.2.102
  7. Pronto. Seu dispositivo estará funcionando 100%
Gerenciador de dispositivos do Win7 x64 rodando o Profilic PL2303
Links disponíveis (re-upload em 04/02/2013): 



Grande abraço!


09 julho 2012

Mostrar erro PHP ao invés de Erro 500 no browser


Está tentando debugar uma aplicação PHP mas na hora do erro aparece Erro 500 (internal server error) e quer exibir a linha do erro ao invés desta mensagem?


Essa necessidade é comum em ambientes de desenvolvimento. A solução é simples.



  1. Abra seu PHP.ini
  2. Localize a cláusula " display_errors = Off "
  3. Troque a string para  " display_errors = On "
  4. Reinicie o servidor e pronto.
No ambiente de produção, deixe a cláusula em "off".


06 julho 2012

Primeiro cavalo de troia do iOS pode gerar enxurrada de malware na App Store



A descoberta do primeiro cavalo de troia de toda a existência da App Store traz uma ameaça muito mais forte do que simplesmente o roubo inicial de dados de alguns usuários: a perspectiva, por parte de outros desenvolvedores, de que a Apple afrouxou suas barreiras e a consequente enxurrada de outros programas maliciosos dentro do confiável ninho de aplicativos. O alerta é de Fabio Assolini, analista de malware da Kaspersky Lab.



A empresa detectou o app malicioso, chamado Find and Call, na última quinta-feira (05/07). Disponível também no Google Play, o app, gratuito, enviava, sem autorização, a agenda de contatos dos usuários para servidores. Os contatos recebiam SMS e e-mail em nome do próprio usuário contaminado, indicando o download do aplicativo.
O fato de haver malwares no Google Play não é de todo novidade, mas é uma surpresa em se tratando de App Store. “O que nos assustou foi exatamente isso: a Apple diz que tem um procedimento rígido para aprovar e não sabemos como ele foi aprovado, porque tem um comportamento totalmente malicioso”, revelou Assolini. “Imagine quantos desenvolvedores de códigos maliciosos não estão pensando: se esse conseguiu passar, vou tentar também”, alertou.
Segundo o executivo, é difícil prever o impacto que isso terá tanto sobre a marca quanto sobre o comportamento dos usuários de iOS, mas ele indica que pode haver uma enxurrada de malware na loja de aplicativos da empresa.
“O iPhone comemorou cinco anos. Na indústria de segurança, vários comentaram que a Apple tem sido sortuda e competente para evitar um grande ataque de malware nesse período. Isso porque ela é uma  plataforma mobile popular, presente em tablets e smartphone, com um gigantesco ecossistema de desenvolvedores criando apps”, comentou.
Saiba mais:

fonte: itweb

18 junho 2012

Verbose boot no MacOSX



O boot no Mac OS X é bem bacana, mas as vezes precisamos ver o que está acontecendo na hora do boot, principalmente para resolver problemas de inicialização.
Daí a necessidade do Verbose boot.


Tipicamente, se você quer o verbose boot, é so usar a combinação de teclas "Command"+"V" durante a inicialização para iniciar na tela de console.


Se você quiser que o boot inicialize permanentemente no verbose, vc pode usar o comando nvram na tela de terminal:



Para ligar o "Verbose booting", no Terminal digite:
sudo nvram boot-args="-v"
Desabilitar o "Verbose booting" é tão fácil quanto:
sudo nvram boot-args=

PS: O comando sudo precisa de uma senha de superusuário estabelecida, portanto se você não tem, é bom criar.

.

06 junho 2012

[resolva] Drop User no SQL Server: The database principal owns a schema in the database, and cannot be dropped

Tentou deletar um usuário no SQL Server e apareceu o erro: "Drop User: The database principal owns a schema in the database, and cannot be dropped" ? Saiba como resolver:



Tentar remover um usuário que é dono de um schema vai resultar nesta mensagem.
Para resolver isso, você deve atribuir o schema no qual o usuário a deletar é dono a outro usuário ou retornar ao dono à base principal com o comando  ALTER AUTHORIZATION.
Exemplo 1: Se o usuário Test1 é dono (owns) do schema  [db_owner] e você queira deletar o usuário/login Test1 mas não tem ou não quer mover para outro usuário você pode usar:
ALTER AUTHORIZATION ON SCHEMA::db_owner TO db_owner

Exemplo 2: Situação acima, com o schema [db_datawriter], mudando para o usuário Test2:
ALTER AUTHORIZATION ON SCHEMA::db_datawriter TO Test
Execute query and Enjoy!!